A menina e Eu.

Tudo começou quando eu havia por volta dos meus vinte anos, tudo era muito belo até que eu sofri um acidente de carro, de bicicleta aliás. Eu estava andando com a minha bicicleta dupla com a minha noiva quando um fiat descontrolado e em grande velocidade nos arremessou longe. Rapidamente nos socorreram, porem infelizmente minha adorável noiva não suportou e veio a falecer. Eu não pretendo falar o nome dela pois faz com que eu chore. Depois de seis meses internado eu finalmente pude voltar para casa, mas não gostava de ficar lá, pois qualquer coisa lembrava minha adorável noiva. Algumas semanas se passaram e eu ainda não conseguia parar de pensar em minha noiva e isso estava atrapalhando o meu trabalho, eu sou escritor e não conseguia manter o foco no livro. Um dia eu estava revirando as coisas no guarda roupa, fazia meses que a minha noiva havia morrido e eu nunca tive coragem de mexer nas coisas dela, até esse dia. Minha noiva era muito simples, ela não comprava milhares de roupas, entretanto, ela comprava muitos acessórios, principalmente acessórios que nunca iria usar. Entre suas coisas eu encontrei uma foto, a foto de uma garotinha que usava vestido branco, eu jamais havia visto aquela foto em toda a minha vida. A foto até que era muito bonita, uma garota de cabelos castanho longo que usava um vestido branco, ela estava em pé perto de uma árvore.

Quero deixar bem claro que eu jamais usei drogas e sempre cuidei muito bem de minha saúde.

Quando eu pisquei a garota da foto havia sumido, eu realmente me assustei! Em seguida eu ouvi um barulho vindo da cozinha, achei que poderia ser um ladrão, como eu havia um taco de beisebol em casa eu peguei e fui ver o que era. Chegando na cozinha encontrei a garotinha mexendo na geladeira. Ela olhou para mim e perguntou se eu estava com fome.

Eu admito que eu no momento fiquei com muito medo, minha espinha gelou e senti que morreria ali, não sei porque me veio isso a mente, mas era o que eu achava então eu corri para o quarto e me tranquei, mas quando olhei para o lado ela estava sentada em minha cama. A menina havia um belo sorriso e olhava para mim com muito afeto, porem isso não diminuía o meu medo, ela levantou e começou a vir em minha direção, desesperado eu arremessei o taco nela, infelizmente o taco passou por dentro dela, eu fiquei paralisado então simplesmente fechei meus olhos e quando minha noiva veio novamente a minha mente as lagrimas começaram a cair:

“Estarei com você em breve, estarei com você meu amor. ” Fiquei repetindo essa frase em minha mente diversas vezes  enquanto meu coração batia como se eu houvesse corrido uma maratona.

Embora eu seja um adulto eu me iludo facilmente, eu sempre achei que qualquer espirito que aparecesse para mim seria por que ele iria querer me matar, minha noiva sempre dizia que embora eu tivesse uma mente criativa eu era idiota como pedra.

Eu tremia, estava realmente muito apavora quando por um segundo tudo mudou, eu me senti com uma paz de espirito imensa, quando abri os olhos a menina de vestido branco estava me abraçando, eu não entendia o como que a garota conseguia abrir a minha geladeira ou conseguia me abraçar e eu não pude acerta-la com o taco de beisebol, pensei que nada pudesse a machucar, eu não sei por que fiz isso, porem foi automático, eu comecei a abraçar a menina. Realmente não sei por que motivo aquilo estava acontecendo, porem comecei a me sentir bem.

Eu decidi perguntar para ela o seu nome, nisso ela me soltou e foi começou a sumir, eu me desesperei e disse para ela ficar, mas lentamente seu corpo ia se desfazendo e logo sumirá da minha frente.

Já era muito tarde, então decidi ir dormir, talvez aquilo tudo que aconteceu fosse apenas sono.

Essa foi a pior noite de todas, tive pesadelos horríveis, mas tenho algo que preciso ressaltar. Na cena eu estava morto, o triste é que não havia ninguém no meu enterro além da menina de vestido branco. Ela chorava e dizia que eu tinha que voltar para brincar com ela. Ficava nisso por horas, realmente perturbador.

No outro dia quando acordei algo realmente me assustou, meu computador estava ligando e tudo que eu havia sonhado estava escrito, fiquei desesperado com aquilo tudo, mas o terror ainda não havia acabado. Me levantei e fui até a cozinha pegar agua. Quando cheguei na cozinha vi ali a menina sentada sobre a mesa olhando para mim, seu olhar embora comum, me fez sentir como se minha vida estivesse preste a acabar. Fiquei olhando para ela sem falar nada, apenas tremendo e então ela disse:

Brinca comigo?

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s